"A literatura tem essa magia de nos tornar contemporâneos de quem quisermos." (Inês Pedrosa)

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

Mudança



















"Mudam se os tempos,
Mudam se as vontades;

Muda se o ser,
Muda se a confiança;

Todo mundo é composto de mudança,
Tomando sempre novas qualidades.

Continuamente vemos diferentes novidades em tudo da esperança,
Do mal ficam as mágoas na lembrança e do bem (se algum ouve) a saudade."

Camões

Um comentário:

Jujutdb005 disse...

Saudade deveria ser na gramática portuguesa, substantivo
invariável, porque:
Não pode pequena, nem grande, ela existe.
Ela sempre é feminina, por sua sensibilidade.
Não pode ser *muitas*, nem *poucas*, ela é.
Quando chega, nada pode substituir.
É amiga da lembrança, da recordação e da lágrima.
Quando entra em nossa alma, é poderosa e ocupa todos os lugares.
Sabe deixar sequelas irreparáveis.
É de autenticidade surpreendente, não aceita roupagens.
Não se mistifica e nada a destrói.
Deixa ao seu redor, o VAZIO mais torturante.
O que nós esquecemos, é que o TEMPO , seu inimigo,
pode encobrí-la, fazê-la menos tocável, torná-la mais suportável, mesmo que não aceita.
O TEMPO, como um cavalheiro de antigas histórinhas, resgatando nossa aceitação.
Vamos então nos agarrar ao TEMPO, à sua força e ao bem
estar que nos pode trazer.
Paz e Bem!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...