"A literatura tem essa magia de nos tornar contemporâneos de quem quisermos." (Inês Pedrosa)

sexta-feira, 21 de maio de 2010

Não me peçam razões...




















Não me peçam razões, que não as tenho,
Ou darei quantas queiram: bem sabemos
Que razões são palavras, todas nascem
Da mansa hipocrisia que aprendemos.

Nâo me peçam razões por que se entenda
A força da maré que me enche o peito,
Este estar mal no mundo e nesta lei;
Não fiz a lei e o mundo não aceito.

Não me peçam razões, ou que as desculpe,
Deste modo de amar e destruir;
Quando a noite é de mais é que amanhece
A cor de primavera que há-de vir.

(José Saramago)

2 comentários:

BLOG DO CELSAO disse...

Naveguei pelo seu blog e gostei muito,
Sou evangélico, mas apesar disso ghosto muito de filosofia , o que a principio parece um paradoxo.
Tornei-me um seguidor de seu blog e sentiria-me muito feliz se voce se tornasse um seguidor do meu humilde blog

Richard Mathenhauer disse...

Um lado do Saramago que não conhecia: de poeta.

Abraços,

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...