"A literatura tem essa magia de nos tornar contemporâneos de quem quisermos." (Inês Pedrosa)

sexta-feira, 17 de junho de 2011

A Loucura do Povo

Eis a razão por que Platão declarava que os sábios se devem afastar dos negócios públicos. E exemplifica: Quando os sábios vêem um enxame de gente nas ruas, que todos os dias se deixam encharcar até os ossos debaixo de um aguaceiro, e não conseguem convencê-los a sair da chuva e a abrigar-se em casa, sabendo que, se eles mesmos viessem para a rua, em vez de os persuadirem se limitariam também a se molhar, contentam-se com ficar abrigados em suas casas, na convicção de que não lhes é possível curar a loucura do povo!

(Thomas More, "A Utopia")

4 comentários:

Tais Luso disse...

É...Utopia!
'...Não lhes é possível curar a loucura do povo!'

Nada mais certo, mais verídico e mais aterrorizante. Desta jamais fugiremos, vivemos em 'massa podre' onde uns contagiam os outros; e salve-se quem puder. Se conseguir. É a nossa realidade.

Um beijo pra você.
Tais Luso

Bento Sales disse...

Alan, a loucura coletiva é ainda mais incurável do que a individual.
Quem cuida dos negócios públicos é quem quer que o povo permaneça louco para se manterem no poder.

Até mais!

Elisabete Lira disse...

Seu blog é muito interessante...
Estou te seguindo.... Tenha um Lindo Dia!
Siga meus Blogs: http://cartasdeumcoracao.blogspot.com/
E http://deusemminhaalma.blogspot.com/

Alan Tykhé disse...

Thomas More escreveu este livro numa belíssima critica a sociedade inglesa há quase 500 anos... e Platão quase dois mil anos antes dele... e ainda é demasiado atual. Parece que nossa civilização se estagnou e diferente do que sonhava Marx, que também tinha utopias, nós não temos mais e não sabemos onde isso vai dar.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...