"A literatura tem essa magia de nos tornar contemporâneos de quem quisermos." (Inês Pedrosa)

segunda-feira, 27 de junho de 2011

O Livro nosso de cada dia

Vladimir Kush
Algumas pessoas são como os bons livros, as vezes, no começo, é estranho, é difícil entender, é cansativo continuar, mas uma vez que fizemos isso, nos habituamos e passamos a compreender cada vez mais este novo mundo, ele passa a fazer parte de nós e nós dele e a ânsia de terminá-lo se mistura com a angústia de que esse mundo possa acabar, mas de fato, ele nunca acaba e nossa paciência das primeiras páginas, é recompensada com no qual podemos co-escrever algumas páginas.

- Alan Teixeira)

5 comentários:

Bento Sales disse...

Alan, muito precisa sua comparação de pessoas com livro.
Também podemos nos enganar pela aparência (capa) há uns que, de tão maçantes, não passaremos da primeira página.

Poderia publicar mais textos seus, pois são de uma sabedoria ímpar.

Parabéns pelo texto!

Abraços!

Alan Tykhé disse...

Alguns de início enfadonho, nos surpreendem no desfecho do meio e fim... outros incrivelmente fascinantes no começo, nos decepcionam no final, mas todos eles tem sempre algo a nos ensinar.

Meus textos, caro Bento, são como migalhas num palheiro, quase sempre nem vale o trabalho depois de encontrá-las. rs

Abraço

Tais Luso disse...

Olá, Alan, achar bons amigos ou a pessoa certa, vai um bom tempo de observação. Falando em observação, deixo aqui uma citação do poetinha querido:

Não te irrites, por mais que te fizerem...
Estuda, a fio o coração alheio.
Farás, assim, do mal que eles te querem,
Teu mais amável e sutil recreio...

-Mario Quintana.

Beijo, amigo.
Tais Luso

Alan Tykhé disse...

Ah, Taís, adoro o Mário Quintana... não me canso de me surpreender com ele.

Beijos

Marlon Sérgio disse...

Alan, adorei teu blog, cara! Parabéns mesmo! Tudo de muito bom gosto, cores, postagens, fotos, comentários! Tem muita cultura, escritores, pensadores geniais; muito encanto, muita memória nesse teu espaço! Dá vontade de ficar por horas! Gostei de tudo que li..."O livro nosso de cada dia" é muito bacana! Texto pequeno, mas fala de uma forma simples do belo e rico universo da leitura, que compõe imaginários e apropriações diversos e tão particularizados. Forte abraço!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...